Jardim da Babilônia

Este minifúndio virtual comemora os 80 anos do poeta, jornalista e multiartista Reynaldo Jardim, figura histórica da fase de ouro do jornalismo brasileiro. Reynaldo faz aniversário no dia 13 de dezembro - a próxima quarta. Já no dia 11, segunda-feira, haverá no foyer do Teatro Nacional, em Brasília, a abertura de uma exposição multimídia, sarau poético-musical e exibição de filmes. Além disso, Reynaldo receberá o título de Cidadão Honorário de Brasília, concedido pela Câmara Legislativa do DF. Entre as muitas façanhas cometidas pelo poeta ao longo de seus 80 anos, está a criação do lendário Caderno B do Jornal do Brasil, nos anos 50, uma revolução permanente que o pobre e medroso jornalismo de resultados praticado hoje tem vergonha de recordar. Reynaldo foi também o criador do jornal O Sol, citado por Caetano Veloso na canção Alegria Alegria e tema do documentário O Sol - Caminhando contra o Vento, de Tetê Moraes e Marta Alencar, surpreendente e merecido sucesso recente do cinema nacional. Nascido em Curitiba e morador de Brasília há alguns anos, Reynaldo parece estar quieto no seu canto, mas mesmo assim foi a razão da criação da ARREY - Associação Recreativa Unidos dos Amigos do Reynaldo Jardim. Não é todo dia que um personagem desses chega aos 80!
[o título desta postagem foi tomado por empréstimo da matéria Reynaldo Jardim da Babilônia, de Luís Turiba, publicada na revista Roteiro Brasília]
Postar um comentário