Um texto de Rui Werneck

Estremeço/quando penso/em estrelas...
Poemas sempre foram algo como uma casa sem portas, cheia de corredores, diversas paredes – nem todas retas –, chão deslizante, teto aberto para as estrelas. Um labirinto que desemboca onde a imaginação do leitor o levar.
Poemas de amor desembocam sempre numa saudade. Na nossa – atiçada pelo poeta. Saudade de outros tempos, outros lugares, outros céus.
Poemas por amor são diferentes. Mas só um pouco. Eles nos levam a imaginar um coração de poeta dançando sobre as estrelas. em vez de apenas contemplá-las.
Assim, os poemas do livro do Alexandre Marino são poemas por amor. Você viaja com o poeta tentando desvendar a intimidade, os silêncios, os abraços, as mãos dadas em um postal de Paris, o primeiro encontro, os disfarces, os pequenos tesouros em forma de ramos de flores ou lençóis... Tudo isso e outras ilhas desertas, porém habitadas por palavras que correm alegres pela areia, pelos aconchegos, pelas carícias, pelas mudas leituras de lábios.
Depois de tentar imaginar as peripécias do poeta para cantar sua amada, você tem ainda a belíssima edição do livro. Na capa, um terno abraço de amantes – nada menos que um quadro de Pablo Picasso. A mão do rubro, porém terno, amante no ombro da amarela e tímida amada. E duas mãos que se tocam de leve prometendo uma vida eterna de amor.
Assim são os poemas por amor de Alexandre Marino – dedicados a uma só mulher, mas propriedade legítima de todos os leitores que sabem apreciar estrelas pelo teto aberto de uma casa feita de palavras.
Alexandre Marino é poeta mineiro exilado em Brasília, o livro foi produzido pela Editora Varanda, em 2007, numa edição fora do comércio. Quer dizer, você deve entrar em contato com o Alexandre, via e-mail (varanda.ce@gmail.com) para poder achar o endereço da casa sem portas, cheia de corredores, diversas paredes – nem todas retas –, etc., que levarão você onde sua imaginação puder.
:::::
Rui Werneck, escritor e publicitário paranaense, no sítio Shvoong (http://pt.shvoong.com/), sobre o mais recente livro deste escriba, Poemas Por Amor, Varanda Edições, 2007.
Postar um comentário