LEMBRANDO FERNANDO M. VIANNA


Neste mês de setembro, mais precisamente no dia 10, completam-se cinco anos de morte de Fernando Mendes Vianna. Quem o conheceu sabe a falta que ele faz ao cenário poético de Brasília. Não só pela alta qualidade de sua poesia, como também por sua personalidade iluminada e agregadora. O poema que se lê nesta imagem (clique para ampliá-la) é uma singela homenagem que faço a um dos mais notáveis seres humanos com quem tive a oportunidade de conviver. Contraluz faz parte de meu livro inédito Exília, criado com o apoio da Bolsa Funarte de Criação Literária.
Postar um comentário